Início » Blog – Ideias em movimento » Os oito odiados de Tarantino

Os oito odiados de Tarantino

 
Olá amigos! “Os oito odiados” de Quentin Tarantino, oitavo filme do retorista-diretor, dividiu a crítica e o público. Com uma filmografia brilhante como a de Tarantino, é muito difícil superar as expectativas do público que estão lá nas nuvens antes mesmo de ir ao cinema.

Pessoalmente, gostei muito do filme, não tenho o que reclamar, com menos sangue, mas com cenas construídas de forma maravilhosa, o filme apresenta uma estoria que se desenvolve no contexto histórico americano, após a Guerra Civil (que terminou em 1865). Oito desconhecidos confinados em um armazém,  por conta de uma rigorosa nevasca, chamada no filme de “Inferno branco”, são obrigados a dividir o mesmo espaço, e a forma com que cada personagem se posiciona  durante o filme, revela lentamente os conflitos e desconfianças entre eles.

Dentro dessa trama, o diretor consegue trazer discussões atuais e importantes como o racismo e a brutalidade dos policiais americanos contra os negros, tudo muito bem amarrado ao roteiro não linear, forma peculiar de Tarantino contar boas estórias. Os personagens desenvolvem diálogos instigantes que conduzem a trama e fazem cada personagem crescer até chegarem ao ato final, como em um teatro.

Destaque para o elenco, todos estão muito bem, principalmente Samuel L. Jackson que interpreta o Major Marquis Warren, Kurt Russel como John Ruth, o carrasco e a fantástica Jennifer Jason Leigh como Daisy Domergue.

Os oito odiados é o primeiro filme de Tarantino com trilha sonora totalmente original, o diretor já tinha feito algumas trilhas para Bastardos Inglórios de 2009. mas dessa vez chamou genial Ennio Morricone para nos brindar com uma produção de trilha sonora impecável. O resultado ficou excelente, tanto que o veterano italiano foi indicado ao Oscar de melhor trilha sonora pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *