Início » Blog – Ideias em movimento » Motion Design – Definição, origem e áreas de atuação

Motion-Design

Motion Design – Definição, origem e áreas de atuação

 
Olá pessoal, Tudo bem? Nesse post vamos falar sobre Motion Design, conhecer um pouco de suas origens, alguns pioneiros dessa subcategoria do design, além de conhecer as aplicações e as oportunidades desse mercado em ascensão.

Definição

Em poucas palavras Motion Graphics Design, ou simplesmente Motion Design é a arte de dar vida ao design gráfico através da animação. Para atingir o resultado desejado, manipula-se as camadas de elementos gráficos, videos e objetos 3D através do tempo e espaço. O Motion Design é a mistura da linguagem cinematográfica com o design gráfico.

Diferença entre animação tradicional e Motion Design

O Motion Design facilmente se confunde com a animação tradicional, apesar de serem parecidas e de compartilhem os mesmos princípios, não são a mesma coisa. Na animação tradicional conta-se uma história e os personagens se expressam. Já o Motion Design apesar de poder retratar um personagem eles não se expressam diretamente.

As origens do Motion Design

Embora tenha mais de um século de existência, o Motion Design ganha forma por volta dos anos 40. Com seus filmes experimentais Oskar Fischinger e Normam McLaren são os destaques dessa época.

Oskar Fischinger

O cineasta e pintor Oskar Fischinger (1900-1967). Influenciado pelo filme “Opus I” de Walter Ruttman tornou-se o mago da animação abstrata com seus trabalhos experimentais, construindo manualmente suas obras utilizando a técnica rudimentar de stop motion.

Motion Design - Oskar Fischinger
Oskar Fischinger

Sua criatividade enfureceu os Nazistas obrigando a mudar-se para Los Angeles em 1936. Chegou a trabalhar com Walt Disney na produção do Filme Fantasia de 1940, entretanto, preferiu seguir sua carreira sozinho sem muita interferencia.

Normam McLaren

Outro nome importante para o Motion Design é do diretor e animador escocês Normam McLaren (1914-1987). Um dos mais importantes animadores do seu país, cursou a Faculdade de Belas Artes de Glasgow em 1932 onde descobriu sua paixão pelo cinema. Cria nessa época a técnica de Pixelização hoje conhecida como Stop-Motion.

Normam McLaren
Normam McLaren

Integrou a equipe de produção do filme de animação dos Beatles Yellow Submarine . Desenvolveu suas grandes obras no hoje prestigiado National Film Boardmesmo no Canadá, e em 1953 ganhou o Oscar de melhor curta em live action com sua obra-prima Neighbours (Vizinhos).

Saul Bass

Motion Design - Saul Bass
Saul Bass

Na década de 50 o Motion Design ganha notoriedade graças ao trabalho do cineasta e designer gráfico Saul Bass (1920-1996). Saul trabalhou com grandes nomes do cinema como Alfred Hitchcock, Otto Preminger, Stanley Kubrick e Martin Scorsese. Se destacou pela criação de cartazes para grandes filmes de sua época. Produziu maravilhosas abertura de filmes como a de “O Homem de braço de ouro” (1955) filme de Otto Preminger, “Intriga Internacional” (1959) de Alfred Hitchcock entre outros.

O Motion Designer

Com a ascensão da tecnologia e o surgimento de redes sociais como o You Tube e Vimeo, cresce cada vez mais a utilização do Motion Design em peças institucionais, créditos de filmes, identidades visual de canais de TV, vinhetas e aberturas de programas, propagandas e uma infinidade de utilizações. O profissional de Motion Design pode atuar em produtoras de vídeo e cinema, emissoras de TV, agências de publicidade, estúdios de design, produtoras web e produtoras de games.

Para finalizar

Obrigado por acessar o site, se esse post foi útil para você, peço por favor que me ajude divulgar, é tempo de compartilhar conhecimento! Aproveite também para conhecer o meu trabalho aqui, e para ficar por dentro das novidades assine a newsletter é só clicar no link assine minha newsletter. Obrigado e até o próximo post.  

5 comentarios

  1. Rafael Folk disse:

    Gostei bastante da definição, umas das mais claras e objetivas que vi até hoje:
    “Motion Design é a arte de dar vida ao design gráfico através da animação.”

    Como ponto a melhorar, acredito que a diferenciação entre animação tradicional e motion design vai mais além do que foi colocado na postagem. Pois se trata tanto de estilo e técnica quanto, em alguns casos, sobre a narrativa que comentasse.

    Bem sucinto, mas já dá uma luz pra quem está começando.
    abs!!

    • andre.sarti disse:

      Obrigado Rafael pelo comentário!

      Realmente a diferenciação entre a animação tradicional e o motion design é mais ampla, creio que a característica principal seja a explanada, entretanto é claro que as nuances das técnicas e estilo são importantes.

      Muito obrigado! Volte sempre!

    • André disse:

      Obrigado Rafael pelo comentário!

      Realmente a diferenciação entre a animação tradicional e o motion design é mais ampla, creio que a característica principal seja a explanada, entretanto é claro que as nuances das técnicas e estilo são importantes.

      Muito obrigado! Volte sempre!

  2. Eu não sabia o que é Motion Design, e pra mim que não sou da área ainda assim fica um pouco confuso. Mas seu texto tem palavras simples e é direto que dá pra entender um pouco até pra quem é leigo no assunto.

  3. andre.sarti disse:

    Olá Cilene!

    Em primeiro lugar obrigado pela visita, fiquei muito feliz!
    Até quem é da área do audiovisual confunde a definição, mas ele está presente no nosso dia, nas aberturas de programas de tv, no cinema, nos canais do Youtube e nas ações de marketing das empresas. 🙂

    Um abraço! Volte sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *